Resenha: A Menina Que Roubava Livros

Olá, hoje tem a resenha do livro A Menina Que Roubava Livros, do escritor Markus Zusak.

Segue a Resenha:

 

“Uma última nota de sua narradora;

Os seres humanos me assombram”

 

A Menina que Roubava Livros conta a historia de Liesel Memingir, uma criança alemã, na época nazista.

 

Liesel foi separada da mãe e do irmão aos 12 anos. Ela teve que ir morar com a família Hubermann. No começo ela não quis, mas logo se acostumou e fez novos amigos, tais como Rudy Steiner, seu melhor amigo.

 

A nova família de Liesel a amava, o pai, Hans Hubermann, era muito gentil e tinha um bom coração, a mãe, Rosa Hubermann, não era tão gentil, mas também tinha um bom coração, assim como o marido. Liesel era gentil e moleca, uma fofa, sim ela roubava livros, mas por uma ótima razão, para lê-los. 

 

Hans e Rosa, não eram nazistas, Liesel também não, mas abrigar um judeu, na Alemanha, naquela época, era um crime grave, mas, se ninguém descobrisse não teria importância, foi o que a família fez,  para cumprir uma promessa. Eles abrigaram Max, um judeu... CONTINUE LENDO AQUI